04 agosto 2007

UM SOL DIFERENTE












Nesta semana eu te desejo
Um sol diferente.

Que apesar de todas as dificuldades,
Apesar de algumas tristezas que existem,

Que mesmo com essa montanha erguida,
O sol possa ser teu presente mais doce.

Desejo ao teu coração o querer que ele quer.
Que nas palavras que ele sussurra dentro do teu peito,
Sejam ouvidas aquelas que têm sabor de liberdade.
Que tu estejas atento para o sopro da tua vontade real,
E jamais desistas dos teus passos em direcção à verdade.

Desejo que tua percepção acorde mais plena
No calor de um sol novo e renovador.
Que ele te encoraje às atitudes
Que estão querendo respirar.
Aquelas que sempre são substituídas,
Aquelas que não se arrojam
Por ter os pesos de conceitos por demais antigos.

Desejo que tu aceites teu tempo, seja ele qual for.
Que sintas serenidade na espera necessária
Para que a semente plantada brote no tempo certo.

Desejo então que tua flor seja inteira,
E mesmo que inicialmente pequena e frágil,
Ela te traga as luzes de uma estrada azul.

Que tua sabedoria esteja desperta aguardando com
Tranquilidade o desabrochar da tua flor.
Em paz, em cadência ritmada
Com o aprendizado que vem chegando.
Em mais suaves permissões para ti
Em muito mais reconhecimento da tua coragem.

Desejo-te um sol diferente.

Espalhando teu sorriso pela densidade das nuvens,
Simplificando o aspecto complicado de alguns momentos
E mostrando-lhe a fonte essencial para tua sede.

Desejo que a cada instante tu desnudes mais teu coração
E deixes que nele vibre em tom maior: O AMOR.

O amor na sua expressão mais simples.
Que não mede, não faz contas
E que tem o poder de te erguer
Acima de todas as montanhas escuras.

13 comentários:

Alice disse...

Querida Naty...
Não imaginas a necessidade que tinha de ler este teu texto...
Uma estrela tocou o teu coração para animar o meu... e muitos outros... espero...
Obrigada...
Beijinhos...

Bruxinhachellot disse...

Desejo-te um sol diferente e único que te envolva e libere seus temores, traçando com seus raios um caminho para o paraíso.

Beijos de sempre.

Naeno disse...

INSINUAÇÕES

Essa lágrima de prata
Que sinuosa percorre
O leito macio da face dourada
Não me convence mais
Ela já jorrou por mim
Em cada momento torpe
Em muita dor de fachada
E não me convence mais.

Pelo menos uma vez
Dispa-se da vaidade
Sinta uma dor de verdade,
Um amor, uma paixão
Falsidade, sordidez
É tudo jogo de cena
Parece atriz de cinema
Representando uma ação.

Seja sincera,
Seja você realmente
E sinta a dor que se sente
A cada separação
Ou então fique
E viva um momento ardente
Desses que prende a gente
Num ato de sedução.

Evite o choro
Para a representação
Fuja da ostentação
E simplesmente me ame.
Não há desdouro
Em seguir o coração
Pois se querer nunca é vão
Se me quiser me chame.

Um beijo
Naeno

minds disse...

Que texto maravilhoso....

Fikei sem palavras.... k bom , no fim de um dia de trabalho ler um texto destes...

bj grande

Naeno disse...

Naty, estou neste momento linkando o teu blog no meu. No entanto quero a tua anuência.

O teu poema é de uma beleza ímpar. Mexe com a gente, nos deixando desejosos do milagre de refazermos o nosso amor, amar na intensidade, e desejo de outrora. Buscar isso, que, pelo que já pensei, sonhei, é a única coisa que nos pode resgatar, nos deixar felizes é um amor querido, um amor que de longe tu sintas o cheiro do seu regaço e fica louco para sentir sua temperatura, sua textura, sua entrega.

Um beijo
Naeno

MEU DOCE AMOR disse...

E o mesmo Sol para ti.

Um beijinho muito doce e um sorriso

Plum disse...

Um sol mágico!!!***

Sol da meia noite disse...

Obrigada pela visita.

Obrigada também pelos teus desejos...

Muitos beijinhos!!!

Maria Clarinda disse...

Muito bonito este teu cantinho, adorei andar por aqui, logo vou visitar os outros.
Jinhos

Carracinha linda! disse...

Vim agradecer e retribuir a visita.

Apareça sempre que quiser!

Beijinhos

belinha disse...

Obrigada pela visita!:-)

david santos disse...

Naty, eu ainda cheguei há dias e agora estou a tentar um douturamento em Literatura. Mas podes estar descansa, que daqui por uns dias, cá estou eu para armar (...), já sabes, comigo pode-se contar. É sómais uns dias.
Parabéns.

serenidade disse...

O amor faz sempre aparecer o Sol mesmo que ofuscado pelas nuvens:)

Serenos sorrisos