15 dezembro 2007

A MINHA ARVORE DE NATAL














Eu queria que neste Natal

Todos nós armássemos,

Dentro de nossos corações,

Uma pequena árvore de natal.

E que nela ao invés de brinquedos, roupas,

Telemóveis, e tantas outras quinquilharias,

Que compramos e damos uns aos outros,

Pendurássemos, ao lado daqueles

A quem queremos bem e amamos,

Os nossos mais importantes

Sentimentos, valores e princípios.

Amor, amizade, consideração, lealdade,

Sinceridade, franqueza, honestidade

e sobretudo humanidade.

Sim, eu desejava que o Natal não fosse

Apenas uma data para almoços e jantares festivos.

Para darmos e/ou trocarmos presentes.

Mas, sim, uma data para relembrarmos

De nossos amigos e familiares que estão distante.

E dos que se foram, para não mais voltar.

Muitos deles esquecidos.

Pois, com o passar do tempo,

Os delatamos de nossos corações.

E, também, lembrarmos dos amigos

E familiares que, por estarem mais pertos de nós,

Tantas vezes, esquecemos.

Lembrando deles apenas em certas datas.

Sem deixarmos, de lado,

Num canto qualquer de nossos corações,

Os que vemos a cada dia

E com quem convivemos.

E que estão sempre presentes, ou quase,

Em nossas vidas.

Os fiéis e os mais ou menos.

Aqueles que sempre buscam desculpas

E a tudo justificar!

Até mesmo os que nos momentos difíceis,

De nossas vidas, não souberam estar

Ao nosso lado e nos apoiar.

Mas que nas horas felizes e alegres

Sempre se fizeram presentes.

Sim, queria não esquecer aqueles

A quem magoei, mesmo sem o desejar.

Ou que me feriram sem nenhum motivo real.

Sim, neste Natal encontro espaço,

Dentro de meu coração,

Para os que não conheci como gostaria.

E para aqueles me mostraram apenas

O que desejavam me mostrar!

Embalagens, rótulos e aparências!

Sim, quero ter dentro de mim,

Em minha árvore de natal, todos!

Os poucos que me devem alguma coisa!

E os muitos a quem tanto devo!

Os amigos discretos, tímidos e humildes

E aqueles, espaçosos, invasores

Exclusivistas, ciumentos e possessivos...

Sim, quero uma árvore de Natal

Com a presença viva de todos eles!

Sem que nenhum seja, por mim, esquecido!

Uma lista longa com todos aqueles

Que passaram, fizeram e fazem parte,

Por menor que seja, em minha vida.

Sim, quero que uma árvore de Natal

Bem pequena.

Mas com raízes bem firmes e profundas

Que contenha todos!

Para que jamais, por mim,

Qualquer um deles,

Seja tão-somente um alguém que passou!

Nem que sejam arrancados, de meu coração,

Pelo tempo ou pelo esquecimento!

E é por tudo isso e muito mais

Que a minha árvore de natal é feita de vida!

De sentimentos e de amor!

Vida através de mil cores!

De cores que estarão presentes,

Dentro de todos nós,

Durante toda a existência!

Com a suprema bênção do Ser Supremo

Que com os Seus olhos,

Sem precisar de palavras,

Esteja onde estiver,

Certamente nos desejará,

UM FELIZ NATAL

12 comentários:

GarçaReal disse...

Lindo este teu Hino ao Amor, à Paz à União entre os homens.
Se todos fizessem deta maneira certamente todos viveríamos bem melhor e mais felizes.

Bom Natal para ti também

beijinho de ternura

zé lérias disse...

Parabéns pelo teu texto cheio de sensibilidade.

Aproveito para desejar-te um Natal Feliz e que o Ano-Novo seja portador só de BOAS-NOVAS, para ti e toda a tua família! :)

Laura disse...

Ai, já me doem os joelhos da descida, a nina escreve alargado...
Mas está lindo.

Querer todos queríamos
Que o Natal fossem vidas
Renovadas
Mas a maioria não quer
E deixam-nos dias de
trovoadas...

Não perdemos por esperar, Ele há-de tocas o coração de todos e assim seremos felizes, na partilha, no dar e no amar. Beijinhos a ti e feliz Natal no teu lar...

Adrianna disse...

Quem dera que se cumprissem metades desses desejos!

Feliz Natal

Bruxinhachellot disse...

Vim desejar-lhe um natal tranqüilo.

Beijos natalinos.

Doutroladodomar disse...

Um ótimo ano novo para vc.Beijão

Alice Matos disse...

Durante os últimos meses partilhámos uma mão cheia de coisas boas, daquelas que só se dão e recebem com o coração...
Nesta noite de Natal, recebe o meu presente... uma caixinha cheia de ternura, de respeito, de admiração, de amizade, de carinho, de gratidão,...
Desejo-te um Natal muito Feliz e um Novo Ano pleno de Amor e Paz...

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

A COR DO MAR disse...

Um Santo e Feliz Natal

Muita Felicidades

Beijinho

NETMITO disse...

ESCUTA O SOM MAIS PURO DA TUA VOZ...

Boas festas:)

A. João Soares disse...

Linda a árvore, rico de ensinamentos o texto. São boas ideias a traduzir o espírito de Natal´Desejo que o 2008 entre bem e que lhe traga as maiores alegrias.
Beijinhos amigos
João

No blog Do Miradouro há novos artigos todos os dias

Simplesmente... eu! disse...

Olá!!
Vim agradecer algumas visitas feitas ao meu cantinho que nunca tive oportunidade de vir agradecer!
Desejo tudo de bom para este ano que se avizinha!!
Beijinho